Projectos

PALESTRAS HIPHOP
Objectivos das palestras
Uma das muitas actividades desenvolvidas pela Siderurgia são as palestras, estas que tem o objectivo fundamental de consciencializar a sociedade em torno de vários aspectos do quotidiano, na expectativa de contribuir para a transformação social da sociedade rumo a um mundo melhor para todas as gerações.
Pretende-se também através das palestras, difundir mais os elementos constituintes do Hip-Hop enquanto cultura, traze-los da margem à superfície de debate no espaço público como forma de se afirmar na sociedade.
As palestras guiam-se sobretudo pelos ditames socioculturais, não obstante, envolvem também outras áreas pois, a Siderurgia está ciente de que a sociedade é constituída por diversos campos.


LIVRO
Ritmo, Alma e Poesia
Este livro nasce da necessidade de se preencher dois espaços até ao presente bastante vazios: o primeiro refere-se à sistematização de toda informação útil relativamente à História do Hip-Hop, uma cultura de origem norte-americana que embora só tenha emergido em Moçambique nos finais dos anos 80, vai tomando contornos cada vez mais evidentes, provavelmente, devido ao seu poder aglutinador sobretudo no seio dos mais jovens; o último tem a ver com a análise do conteúdo das letras musicais do Rap, vertente musical da cultura Hip-Hop, que embora aparentemente sejam descabidas de fundamento, avaliadas com profundidade, revelam-se carregadas de curiosos ensinamentos susceptíveis de estudos académicos, sobretudo a nível das Ciências Sociais, com particular destaque para a própria Sociologia, a Antropologia, a História, a Pedagogia e até a Filosofia.
É composto por três capítulos nomeadamente: “Hip-Hop à Primeira Vista”, “História do Hip-Hop Moçambicano” e “Estórias do Hip-Hop Moçambicano”. No primeiro capítulo pretendemos, não só, intentar uma primeira aproximação com a cultura Hip-Hop a todos quanto a desconhecem, como também aprofundar um pouco mais os conhecimentos de todos aqueles que já são familiares a este movimento. No segundo capítulo apresentamos o desenrolarar da história do Hip-Hop Moçambicano desde o seu surgimento nos finais dos anos 80, passando pelo seu desenvolvimento conturbado até ao seu estágio actual. No terceiro e último capítulo, basicamente composto por artigos, tentamos empreender uma análise do Hip-Hop com base em algumas letras musicais e resenhas de álbuns musicais, a partir de um ponto de vista teórico.

ALMA DO HIP-HOP
“a alma em movimento, a alma que te nutre, é a alma do conhecimento”
ALMA DO HIP-HOP ” foi um programa radiofónico da Rádio Macia – 91.8 FM e apresentado por “Macossa” (radialista, rapper, membro da Siderurgia-Núcleo de Hip-Hop e activista do movimento HIP-HOP). O programa era veiculado todos os domingos das 14h:00 às 15h:00.
ALMA DO HIP-HOP” tinha como objectivos fundamentais, massificar o movimento Hip-Hop, bem como a “cultura HIP-HOP” no geral, primeiro a nivel do município da Macia e consequentemente contribuir para o desenvolvimento da cultura a nivel nacional. Pretende acima de tudo, através dos amuletos do HIP-HOP contribuir e catapultar a consciencialização, que é por sinal um dos vários elementos que constituem o HIP-HOP. E assim Incentivando a mudança social ou a transformação social para uma sociedade livre e igualitária. Ora, tais objectivos são alcançados sobretudo, através de debates, músicas (100% RAP), análise do conteúdo das músicas, etc.



OUTROS
Tha Soul Of Hip-Hop
Magus Delírio
Metalidade
Espectáculos